quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Ômega 3 e esquizofrenia

     Ipatinga, doze de setembro. São exatamente três horas e dez minutos. A temperatura aqui é de 38ºC, mas a sensação térmica é bem maior, acho que por não ter muito vento por aqui. Aqui é o verdadeiro forno de Minas. Alguns dizem que é por causa da poluição da Usiminas, que é a maior siderúrgica da América Latina (nóis é chique no urtimo!). Mas não creio que seja esse motivo, pois assim São Paulo seria a cidade mais quente do Brasil.
    Mas vamos ao que interessa, que é o ômega 3 e a esquizofrenia. Muito se tem falado nos benefícios do óleo de peixe em cápsulas como coadjuvante no tratamento dessa patologia. Alguns testes estão sendo feitos como tratamento principal mesmo, e os resultados estão sendo satisfatórios.( olha eu falando que nem médico de novo). Não vou aqui postar uma matéria completa sobre o assunto, pois não sou muito fã do control v+control c.
    Claro que se achar algo de interessante para compartilhar, irei colar alguma coisa e postar no blog, mas vou colocar a fonte e também vou colocar o link da matéria para que a pessoa possa se informar melhor. Aqui vai o link da matéria sobre o ômega 3. Depois vou passar um site que acho muito legal para as pessoas que se interessam por assuntos relacionados ao comportamento humano.

http://www.bancodesaude.com.br/dieta-alimentacao/416003022010-omega-3-nova-aposta-contra-esquizofrenia
 Vou aqui relatar a minha experiência com o ômega 3, que consumo a bastante tempo, só que a fonte que uso é a linhaça, por ser mais barata. No final do post, darei uma dica de como aumentar as propriedades da linhaça. 
    A princípio, eu consumia a linhaça para manter o meu coração em ordem, pois é um produto que abaixa os níveis de colesterol em nosso sangue. Também me agrada o fato de ser um bom regulador do intestino, por causa das fibras presentes nessa semente. E ainda pode ajudar a emagrecer, pois, dependendo da forma como é consumida, dá uma sensação de "plenitude estomacal". Nem sei se existe esse termo, se não existe, então sou o autor dessa nova expressão. rsrsrsrsrs Agora estou falando como nutricionista, acho que é um santo que baixa em mim, sei lá.
     Em em um post anterior(rotina esquizofrênica), eu relatei que estava com algumas manchas roxas na região abaixo dos olhos, e a dermatologista me disse que poderia ser uma intoxicação. Essa simples palavra foi o gatilho para disparar as minhas paranoias que tenho em relação ao fato de que estão colocando algum veneno em minha comida. 
    Comecei a pensar em algumas situações em que poderia estar sendo envenenado. Na lanchonete, no restaurante, etc. Após uma longa análise, cheguei a conclusão de que poderiam estar sabotando a linhaça, que eu sempre comprava na mesma farmácia a anos. É que estranhei o fato do produto não estar mais nas prateleiras. Ultimamente a balconista estava buscando a linhaça em um quarto no fundo da farmácia. Ainda tinha o fato da semente ter ficado mais barata. Em minha mente paranoica, a queda do preço era apenas uma armadilha para que eu sempre comprasse na mesma farmácia. 
   Hoje sei que a linhaça está mais barata por que saiu de moda. Sempre tem algum produto que entra na moda, que muitos dizem ter mil e uma propriedades e tal, mas, que depois de um tempo, somem das prateleiras. Quem já não ouviu falar da "ração humana"? Hoje o produto que está na moda e que substituiu a linhaça é a chia, que dizem ser mais benéfica do que a linhaça, porém no momento está com um preço meio salgado ainda. Mas, com o tempo ela irá baratear. 
    Então, por causa dessa minha paranoia, parei de consumir a linhaça. A princípio, não senti nenhuma diferença, só a sensação de fome que ficava maior na parte da manhã. Mas, analisando os fatos, chego a conclusão de que, com o tempo, fiquei um pouco desestabilizado. Me sentia desconfortável e até um pouco irritado quando andava pelas estreitas calçadas do centro da cidade. Não tinha tanta paciência para ficar me desviando das pessoas que andavam devagar pelas calçadas, pois costumo andar bem rápido, acho que pelo fato de querer voltar o mais breve possível para onde moro nas poucas vezes que saio de casa. 
    Um fato me chamou a atenção durante o período que fiquei sem consumir a linhaça e que cheguei a comentar em um post anterior (a mania de perseguição que me persegue). Comentei que, durante a minha permanência em um banco, comecei me sentir meio desconfortável no meio de tanta gente, e fiquei cismado que o segurança do banco estava olhando para mim. Então, depois de vários anos, tive que tomar um comprimido de diazepan durante o dia para me acalmar. Sem contar que tive que implorar para todos para ser atendido antes da minha vez, e ainda bem, todos aceitaram e a funcionária do banco me tratou muito bem. 
    Outro fato que me fez refletir sobre o meu comportamento sem a linhaça ocorreu quando eu estava no posto de saúde para tentar resolver o problema da mancha no rosto. A acústica do local não é muito boa, e o zun zun zun reverberado não estava me fazendo bem e tive que sair do posto para dar uma arejada, pois a sensação era de que havia milhares de pessoas conversando, e a minha mente começou a ficar meio confusa, chegando a procurar de onde vinham tantas vozes. 
    Analisando esses e outros fatos cheguei a conclusão de que precisava voltar a consumir a linhaça, pois quando estava usando essa semente, não estava tendo essas reações, estava de certo modo estabilizado. Então fui em outra farmácia e comprei ma outra marca do produto, por meio das dúvidas. Hoje sinto que estou mais equilibrado e o meu raciocínio está bom. Por isso resolvi compartilhar essa minha experiência com todos os leitores do blog, principalmente os portadores e os cuidadores de pessoas com esquizofrenia. 
    Para aumentar as propriedades da linhaça, eu a coloco para "dormir" durante oito horas em um recipiente de plástico. Então vamos para a dica de saúde do esquizo:
- Coloque em um recipiente de plástico uma colher de sopa de semente de linhaça. A colher pode ser cheia ou rasa, isso vai depender de como a pessoa vai se sentir saciada no dia seguinte, pois, consumindo-a desse jeito, ela dá uma sensação de estômago cheio, e isso depende de cada pessoa. 
- Coloque um pouco de água, o suficiente para cobrir as sementes e não para inundar. 
- Espere uns três a cinco minutos e você vai notar que a água desapareceu e que a linhaça inchou. É isso mesmo, essa semente absorve a água. Então, coloque mais um pouco de água, até ficar parecendo uma gosma que envolve as sementes. Com o tempo, você irá acertar a quantidade de água, para que, de manhã, a linhaça não fique seca e também não fique inundada de água, e sim com uma gosma. 
    Aí, é só bater a linhaça no liquidificador com alguma vitamina de frutas: mamão, banana, maçã. Eu faço uma mistureba aqui: coloco a linhaça, leite de soja, aveia, gérmen de trigo e um copo de água. Se o leite de soja for com sabor, até que dá para descer. A verdade que não fica muito bom não, mas pela saúde, vale a pena tomar. 
    Em relação as cápsulas de óleo de peixe, vale a pena conferir esta matéria:



 

23 comentários:

  1. Tenho uma adorável fixação por tais produtos....acho que não precisa ser esquizofrenico prá se sentir assim, são as manias modernas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer pessoa pode sim ter esses sintomas, são coisas do nosso tempo mesmo, mas o problema que no esquizofrênico as coisas são mais dimensionadas. Muita gente tem uma cisma, uma neurose, etc. Mas pro portador de esquizofrenia essas coisas chegam a ser incapacitantes. Obrigado por visitar o blog.

      Excluir
  2. Parabéns pelo post! Muito interessante...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, foi uma forma de compartilha algo de bom que aconteceu comigo, que foi a descoberta da linhaça. Para o tratamento à base de ômega 3, seria preciso uma quantidade enorme de linhaça para se chegar a dosagem exigida, mas de qualquer forma me sinto bem com esse produto e notei isso quando fiquei sem tomá-lo por um tempo.

      Excluir
  3. Olá! Eu gostaria de saber se você toma algum remédio para esquizofrenia diariamente, ou só o "diazepan" (é isso?) eventualmente. E parabéns pelos posts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualmente eu só tomo o diazepan de noite, e de dia quando fico um pouco agitado ou desconfortável em algumas situações. Vou experimentar o ômega 3 no início do mês de outubro, pois estão os comentários a respeito estão sendo muito bons. Infelizmente não me dei bem com os antipsicóticos, me deixavam muito dopado e desanimado. Mas é isso, ainda acredito que irão encontrar um tratamento melhor para a esquizofrenia que não traga muitas sequelas e efeitos colaterais. Obrigado por visitar o blog.

      Excluir
  4. Oi Julio, nossa adorei o seu post. Tenho um filho com esquizofrenia e ele toma uma dose alta de clozopina, eu gostaria tanto de tirar esta droga dele, mas tenho medo dele ter outro surto, na verdade acho que sou covarde mesmo, mas é tão dificil, você se vê meio entre a cruz e a espada. Mas valeu muito esta sua receita, vou fazer pra ele amanha mesmo. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  5. Olá, obrigado pela visita ao blog. Não aconselho a parar repentinamente com os medicamentos. Não é tão difícil, se a pessoa tiver condições financeiras, de tentar alternativas naturais, juntamente com a medicação e, assim que a pessoa for melhorando, pode ir diminuindo aos poucos a medicação. Aconselho que seu filho use também alimentos ricos em vitamina B. Se os ditos normais também precisam da vitamina da mente, nós, os portadores precisamos mais ainda dela. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Antes de tomar omega 3 dei uma boa pesquisada e me convenci a comprar algumas capsulas. Depois de alguns dias tomando senti uma boa sensação e meu raciocínio melhorou bastante ( quem tem esquizofrenia sabe que os remédios dá uma certa lentidão na mente ). Depois de alguns dias tomando, decidi fazer um combo, então comecei a praticar esporte ( corrida ) e tomar o omega 3. Foi fantástico , chegava em casa depois do treino e conseguia resolver meus problemas matemáticos e compreender formulas e equações com muita facilidade. Desde então continuo praticando esporte mas não tomo mais omega 3, um por que achei que não preciso mais , só o esporte já é o suficiente e outra, nosso corpo só precisa de 500 mg por dia deste completo no nosso organismo, mais do que isso o corpo secreta pela urina.O laboratório não estava mais fazendo de 500 mg eu sismei que o cara estava querendo passar a perna em mim ao tentar vender os de 1000 mg. Até mais e gostei da postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você também sentiu essa melhora com o ômega 3. Mas continue tomando, não precisa ser três cápsulas por dia. Se você teve essa melhora é por que esse ômega 3 que você usou é verdadeiro. Infelizmente, como acontece com vários produtos, algumas farmácias costumam falsificas o produto. Qual laboratório você mandou manipular? Não vou postar, só para saber, pois irei comprar se tiver aqui em Belo Horizonte. A farmácia que eu comprava antes, parece ter dado uma diminuída na fórmula, pois ele agora está com um amarelo mais fraco, antes era um amarelo escuro, e não senti os benefícios que senti antes. Mas antes também estava menos sedentário do que agora. A combinação do ômega 3 com esportes parece ser muito boa. Espero a resposta sobre o laboratório, se quiser é só colocar para não publicar.

      Excluir
  7. muito legal o seu blog amigo!
    minha namorada está desenvolvendo a esquizofrenia, e pesquiso que nem doido alternativas pra ela, encontrei muitas pesquisas recentes e vou dividir com você caso queira pesquisar, experimentar, ou divulgar

    existem indícios de que muitos casos de esquizofrenia estejam ligados à alergias alimentares... os principais vilões são o glúten e o leite.... vou fazer um mês sem leite e alimentos com glúten (trigo e derivados) com a minha namorada e ver se a coisa melhora
    também existe bem difundido fora do brasil o uso de vitamina B3 em grandes quantidades junto com vitamina C, procure sobre medicina ortomolecular e esquizofrenia.... esse eu não vou tentar agora porque a vitamina B3 em maiores quantidades sai um pouco cara...
    a grande sacada é que uma simples intolerância alimentar ou ausência de vitaminas pode ser a causadora de uma determinada esquizofrenia

    estou muito animado, amigo, creio que num futuro próximo essa doença vai ser facilmente controlável em muitos casos

    sorte e abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai, também acredito que a alimentação tem uma relação bem forte com a esquizofrenia. Infelizmente no meu caso não tem como também usar uma grande quantidade de vitamina B, só uso o ômega 3, e os dos mais baratos, e tenho que torcer para não ser falso. Exercícios físicos também ajuda, e a informação, acima de tudo. Continue pesquisando e depois poste os resultados por aqui, isso é de muita importância mesmo, pois parece que a situação do jeito que está interessa para muitas pessoas. Obrigado pela participação.

      Excluir
  8. Ômega 3 é uma gordura saudável, que é essencial para o nosso cérebro e função cardíaca, e bem-estar geral. Nossos corpos não produzem Omega-3, por isso precisamos obtê-lo através da nossa dieta. Mais de 20.000 estudos científicos ao longo dos últimos 35 anos mostram os benefícios do Omega-3 em todas as fases de vida - desde antes do nascimento e em seus últimos anos. veja em: Omega 3

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu também sou portador dessa enfermidade. Visitei o seu blog, quando eu estava pesquisando sobre - omega 3 contra esquizofrenia. Eu gostaria de adicionar uma outra forma alternativa, no combate a esta patologia. Semanas atrás, mais ou menos, eu estava pesquisando sobre a mente humana(como sempre costumo fazer, de vez em quando), e vi que há alguns anos, criaram um método chamado: Neurofeedback para tratar esquizofrenia. Segundo informações, um psiquiatra dos EUA, está utilizando esta técnica, e está dando resultados positivos, ou seja, o Neurofeedback é o uso da tecnologia(no caso, o computador e seus processos envolvendo eletroencefalografia). Não sei se esta técnica pode funcionar com todos os portadores, mas, é mais uma arma no combate a esta doença, que eu creio, que no futuro, se Deus quiser, será controlada e curada. Abraço. Daniel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Vou dar uma olhada neste novo método, quem sabe um dia ajude as pessoas a pelo menos a controlar um pouco os sintomas da esquizofrenia? Às vezes chego a pensar que não querem encontrar uma solução para esse tipo de situação, pois do jeito que está muita gente está ganhando dinheiro. Obrigado pela participação e pela sugestão.

      Excluir
    2. Tenho um familiar que sofre da mesma doença. Pesquisei e aconselharam a tomada de NIACIN- NO FLUSH (vitamina B3). Os sintomas positivos e negativos da esquizofrenia melhoram muito. Deus ajude quem tem este problema. Conjuntamente está tomar um medicamento homeopatico chamado Ignatia. Espero que ajude.

      Excluir
  10. Boa noite, parabéns pelo blog, tem muito conteúdo para ajudar a todos, gostaria de uma opinião, há anos fui diagnosticado com esquizofrenia e síndrome do pânico, na época eu fiz o tratamento convencional, com anti-psicóticos porém, eu sempre ouvia vozes ao acordar, ou quando estava pegando no sono e sempre me paralisava, pesquisei na internet e dizia ser paralisia do sono, tomei os remédios que principalmente no inicio pioraram minha situação, eu já não tinha mais o alto rendimento na escola, era lerdo e sonolento, tomei os medicamentos por 3 anos, risperidona 3mg, trileptal, tofranil e fenergan, há 1 ano e 6 meses eu decidi parar com os medicamentos, minha cognição foi a mil, mobilidade e disposição, eu era outra pessoa, voltei a viver mais depois de um tempo tipo 3 ou 4 meses começou um quadro de calvicie que me deixou nervoso demais, tive infecções e declinio cognitivo além de espasmos constantes e perda de vontade, mais nunca ouvi vozes nem tive delírios ou manias os sintomas cognitivos e espasmos vem e voltam, mas nunca é como antes, eu não sei se "sou esquizofrenico" ou tive um diagnostico preciptado, poderia opinar com sua experiência, desde já muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Obrigado pela confiança mas não me considero apto a dar esse tipo de opinião baseado apenas em um breve relato. Me desculpe, mas espero que entenda a minha situação.Mas é sempre bom ouvir uma segunda opinião profissional sobre o assunto. E, claro também estudar o assunto, e tentando conhecer um pouco de você mesmo.

      Excluir
  11. Eu nao tenho esquizofrenia ,mas minha memoria ficou ruim depois dos 28 anos ,ai começei a pesquisar e descobri o omega 3 , estou tomando a 45 dias e minha memoria está otima o raciocinio ficou bom recomendo omega 3 dos peixes ,o das plantas é pouco eficiente atualmente tomo o da marca vitafor pq é confiavel é o unico omega brasileiro reconhecido pela associaçao internacional (IFOS). minha mae tem esquizofrenia e vou dar omega 3 pra ela com certeza !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e pela dica, vou depois dar uma experimentado neste ômega 3.
      Recomendo sim o ômega 3 para a sua mãe, e também alimentos ricos em vitamina B

      Excluir
    2. Valeu parceiro !!!

      Excluir
  12. Amei o post! Parabéns pelo blog! minha mãe, uma das 3 irmãs e o irmão dela tem esquizofrenia... Estou pesquisando e vi q a planta chamada Mulungu é um remédio santo pra esquizofrenia. Tirar o glúten da dieta e jejuns de 4 dias tbm fazem os sintomas desaparecerem. Vitamina B3, D3 e ômega 3 são a cura da esquizofrenia! Rsrs Segundo o Dr. Hoffer, q é a maior autoridade do mundo nesse assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras.
      Depois irei pesquisar sobre o mulungu, não tinha ouvido falar. Sobre a vitamina B3 e a D3 ultimamente tem se falado mundo no uso no tratamento da esquizofrenia. Realmente o cérebro tem que estar bem nutrido para funcionar bem. Só o jejum é que deve se ter muito cuidado, pois alguns confundem com total privação dos alimentos.
      Valeu pelas dicas.

      Excluir