sábado, 18 de abril de 2015

Cloreto de magnésio

  Primeiras impressões
  Nas minhas andanças e pesquisas virtuais, tenho encontrado algumas alternativas para uma melhora em relação aos sintomas negativos da esquizofrenia, sem ser os dopantes antipsicóticos. E os comentários à respeito desse mineral são muito bons. Muitas pessoas vem relatando melhoras para uma enorme variedade de males do nosso organismo. Os comentários eram tão bons que cheguei a duvidar do que estava lendo. Infelizmente a apatia e o desânimo estavam tomando conta do meu ser, sem vontade para fazer nada, acordando mal, nem ler eu estava conseguindo direito. Estava tão sedentário que me cansei de andar poucos quilômetros quando fui ao centro da cidade, para tirar algumas cópias dos livros e procurar um atendimento decente na área da saúde mental aqui em BH.
    Como é um mineral, resolvi experimentar, não botando muita fé no que havia lido. Estou consumindo diariamente um preparado de cloreto de magnésio. Comprei na farmácia um frasco de 33g, mas tem que ser o magnésio PA (para análise), que é o mais puro. Coloca-se todo o conteúdo em um litro de água mineral ou fervida e depois guarda-se na geladeira. A ingestão vária para cada caso, mas se o indivíduo consumir para apenas dar um up na qualidade de vida, 25ml duas vezes ao dia já é o suficiente. Agora, se a pessoa tiver um problema mais sério e crônico, a dose deve ser aumentada, mas para isso eu recomendo que tenha um acompanhamento médico, se bem que a maioria desses profissionais só sabem rabiscar o receituário, pouco dando atenção à terapias alternativas, e só receitando os medicamentos alopáticos. Mais adiante citarei alguns males que o cloreto de magnésio promete aliviar ou curar.
apenas alguns sintomas da falta de magnésio...

    Recomenda-se que o preparado deva ser guardado em um recipiente de vidro, pois o magnésio não se dá bem com o plástico e metais, liberando algumas substâncias ao entrar em contato com esses materiais. Então, para medir os 25ml recomendados, pegue aquelas tampinhas de xaropes, coloque a água na quantidade certa e depois coloque em um copo de vidro. Depois é só marcar o copo onde a água bateu em 25ml. A caneta para retroprojetor é ótima para se fazer isso, pois não sai com a água e o sabão.
    No meu caso em particular, vi que o magnésio é bom para uma série de problemas que estava tendo e parece que estão desaparecendo à medida que vou consumindo este mineral. Insônia, ansiedade, depressão, desânimo, são alguns deles. Resolvi testar, afinal, não iria me causar nenhum problema, pois, como já disse, é um mineral que, se for tomado na dose certa, não causa nenhuma intoxicação ou coisa parecida. Estou tomando há uns 15 dias e já estou notando a diferença: estou mais disposto, voltei a praticar exercícios físicos, a ler, a ter uma sensação de bem estar. O meu sono também deu uma melhorada (tomo a segunda dose antes de dormir). A qualidade da minha soneca está melhor, tomando o magnésio com apenas 5mg do diazepan, sendo que já cheguei a tomar 20mg e outros remédios mais fortes. Acordo mais disposto e não tenho a tradicional ressaca desses ansiolíticos.
    Mas, tenho que tomar um certo cuidado à medida em que vou melhorando a parte física. Sinto que fico mais propenso a querer fazer algo que seja improvável de ser realizado, é tipo um delírio mesmo. Penso que tudo vai dar certo, acho que fico positivo demais em excesso, algo parecido como a bipolaridade. Mas, se for um delírio positivo e que não prejudica ninguém, por que não tê-lo? O que seria do mundo se não fosse os loucos e suas invenções... Não estou usando nenhuma droga lícita ou ilícita, apenas estou recompondo algo que falta em meu organismo.
    E a parte mental parece que melhora também, aliás, está tudo interligado. É aquela velha frase "Mens sana incorpore sano". Estou escrevendo este post por volta das oito horas da manhã, coisa que não fazia há mais de três anos... Meu raciocínio melhorou também, estou mais ágil e criativo, até consegui fazer uma ótima e improvável gambiarra para consertar o fone de ouvido que havia quebrado, por não caber na minha cabeça grande. Ele estava encostado há uns três meses, e, depois que passei a tomar o cloreto, as ideias e soluções aparecem em minha mente com mais facilidade.
     É uma sensação de bem estar que não sentia há tempos. Estou sentindo mais prazer em ouvir músicas (não só as deprê, mas como as alegres também). Só não consigo ouvir funk, sempre fico com um certo asco quando passa aqueles carros com o capô aberto e com o som na maior altura. Mas também o cloreto de magnésio é um mineral, não é um produto milagroso também...
    Fazer os exercícios físicos já está sendo mais prazeroso e não o faço como uma obrigação. Estava muito sedentário, ficava ofegante quando subia uma ladeira, nem lembrando o cara que andava pelos vales de Minas com sua mochila de 11kg nas costas. Pretendo voltar ao meu peso ideal, e a ter os triglicerídeos em taxas limítrofres. (aprendi esse termo lendo os vários hemogramas que já fiz, coisa de hipocondríaco mesmo...)
   Nós somos o que comemos, e bebemos, é claro. Não só na parte física, mas também na mental. Recomendo a todos que experimentem esse mineral, pois a falta dele causa uma série de problemas, como vocês puderam ver na imagem que postei acima. Infelizmente, por causa dos agrotóxicos, as frutas e verduras não estão sendo uma boa fonte de magnésio.
     Nas minhas pesquisas, não vi nenhuma contra indicação para se usar esse mineral, exceto quem faz hemodiálise. Poucas pessoas relataram reações adversas, como diarreia, enjoos, etc. Caso, ocorram, recomendo que diminuam a dose até se acostumarem a tomar. Ah! Já ia me esquecendo, o magnésio é ruim pra caramba, tem um gosto meio parecido com o sal, mas é muito pior do que uma simples água com sal concentrado.
existe no facebook um grupo sobre o cloreto de magnésio PA

Para que serve
     Nas minhas pesquisas, vi que o cloreto de magnésio é usado para uma enorme variedade de enfermidades e males do nosso mundo atual, como:
- Bico de papagaio, nervo ciático, problemas na coluna, artrose, calcificação dos ossos, etc.
- Câncer, próstata, rigidez muscular, tremor, artérias duras, e atividade cerebral prejudicada por causa da idade. 
-Ansiedade, depressão, stress
-Ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, e ajuda a dissolver coágulos, bom para o coração, evitando arritmias e outros males do coração. No final do post irei postar os melhores links em que pude pesquisar sobre esse mineral. 
-Ajuda na produção da insulina, necessária para o metabolismo da glicose, evitando a diabetes tipo 2.
-Ajuda na distribuição do cálcio no organismo. Os médicos geralmente receitam o cálcio no tratamento da osteoporose, mas, se houver uma deficiência de magnésio no organismo, o cálcio poderá se depositar nas juntas, causando artrites, e também pode se depositar nos rins, causando cálculos renais. E, se não for adequadamente distribuído pelo organismo, o cálcio em excesso pode ficar depositado nos vasos do coração, elevando as chances de um enfarte. Então, para se evitar a osteoporose, é necessário não somente a ingestão do cálcio, mas como também do magnésio, que irá distribuir adequadamente o cálcio em todo o nosso organismo, principalmente nos ossos.
    Bem, acima apenas citei alguns dos males que podem ser evitados com o consumo regular do magnésio, mais informações nos links abaixo:
http://www.cloretodemagnesio.com.br/identificadores.php
http://solucoesperfeitasecriativas.ning.com/profiles/blogs/magnesio-o-sal-da-vida-1

 Vamos alimentar o nosso cérebro   
    Além desse imprescindível mineral, todos nós (esquizofrênicos ou não) precisamos das vitaminas do complexo B. Isso pode ser comprovado citando o caso das pessoas que tem problemas com o álcool. Quando estão debilitados e resolvem ir ao médico, o mesmo receita as vitaminas do complexo B, pois o álcool impede a absorção desses nutrientes pelo organismo. Por isso a ingestão exagerada de bebidas alcoólicas podem causar certos transtornos mentais, que geralmente são classificados no CID como F19.
Alimentos ricos em vitamina B
    O complexo B é fundamental para o nosso organismo, mas, como o blog é sobre a saúde mental, não irei estender sobre os benefícios dessas vitaminas, irei apenas citar as fontes mais acessíveis para se ter uma ingestão diária recomendada:
-Vitamina B1: Carne de porco, ovos, fígado, peixes, laranja, alho, batata
- Vitamina B2: leite, yougurte, carne de vaca (de boi também serve?), fígado, espinafre, gérmen de trigo,
- Vitamina B3: fígado (está em todas!), carnes vermelhas, leite, ovos, tomate, banana.
- Vitamina B5: gema de ovo, queijo, peixes, semente de girassol, abacate, morango, couve-flor.
- Vitamina B6: fígado, peixes, manjericão, orégano, alho, batatas, espinafre (não é só para ficar forte como o Popeye!).
- Vitamina B8: gema de ovo, gérmen de trigo (é baratinho!), couve-flor, cenoura, leite integral, morango.
- Vitamina B9: espinafre, suco de laranja, banana, melão, limão.
- Vitamina B12: carne de boi, gema de ovo, yogurte.
Fonte: http://saude.umcomo.com.br/articulo/alimentos-ricos-em-vitamina-b-6473.html

    Costumo comer três vezes por semana ovo cozido, que é uma boa fonte dessa vitamina da mente. O fígado também é, mas o gosto... Já o ovo cozido dá para colocar um pouquinho de sal é orégano que fica muito bom e ele foi abolido já há alguns anos, pois, antigamente (já estou ficando velho...) o ovo era um vilão para o coração. Dizia-se que meia gema de ovo continha o dobro de colesterol que necessitamos em um dia! Antes da abolição do ovo eu comia um por semana e meio que a contragosto...

    Um outro produto para a mente que recomendo é o ômega 3. Não vou aqui ficar relatando detalhes sobre esse ácido graxo, basta clicar no link para obter maiores informações. Vou relatar a minha experiência com esse maravilhoso nutriente. Quando estava tomando regularmente duas cápsulas de 1000mg ao dia, me sentia bem equilibrado, bem disposto e bem humorado. Além do bem estar mental, o ômega 3 conseguiu baixar os meus triglicerídeos de 580mg para 270mg. Em consequência disso, passei a me sentir melhor fisicamente e os exercícios físicos passaram a ser um prazer e não uma obrigação. Infelizmente esse produto é um pouco caro para quem ganha um salário mínimo (30 reais nas farmácias de manipulação) e tenho que me privar desse produto que me fez tão bem.

Enziplus

    Um outro produto que também recomendo é o enziplus. É natural, e basicamente é um concentrado de frutas e verduras. O gosto é doce e agradável. Mais agradável ainda é a sensação que temos ao tomar este produto. Os resultados aparecem em três dias! Parece que tudo passa a funcionar perfeitamente dentro do nosso organismo. E, em consequência disso, vem o bem estar mental. Só tomando mesmo para sentir mesmo o que relato. Não sei como não é um produto tão consumido em nosso país. Em Belo Horizonte ainda não encontrei uma loja física para comprar o enziplus. É um pouco mais caro do que o ômega 3, mas, em virtude da sensação de bem estar, eu vou fazer este sacrifício para consumir este produto. Na internet existem várias lojas virtuais de produtos naturais que vendem, mas o preço do frete torna o consumo inviável para o meu caso.
    De todos as partes do nosso organismo que sentimos melhorar com a ingestão do enziplus, o que mais se beneficia com ele é o digestivo. E, como dizem que o intestino é o nosso segundo cérebro...
Os cientistas afirmam que milhões de células nervosas forram o nosso intestino. Talvez seja por isso que sentimos aquele friozinho na barriga de ansiedade e nervosismo antes de uma situação decisiva. Os jogadores de futebol relatam isso muito quando vão disputar uma partida importante. E, quando ficamos nervosos e irritados, sentimos aquela queimação, o que talvez seja uma das causas da gastrite e úlceras. Pode parecer que esta dica não tenha nenhuma relação com a esquizofrenia, mas, por experiência própria, posso afirmar que, se o aparelho digestivo estiver funcionando perfeitamente, nos sentimos melhor também na parte mental, e, no meu caso, deu uma boa melhorada na minha esquizofrenia.
    Um dos problemas que percebi no atendimento na saúde mental no Brasil é o tipo de abordagem feita, em que o antipsicótico é a única forma de tratamento. Em alguns CAPS o pessoal faz artesanato, ficam assistindo TV, mas não passa muito disso. A impressão que se passa é que os profissionais pensam que a esquizofrenia é apenas a produção excessiva da dopamina pelo cérebro, e ai tome medicamentos dopantes. Não procuram olhar o lado social do portador, tentando promover uma melhor qualidade de vida, não procuram saber a sua relação familiar, e outros fatores que podem atrapalhar o quadro da esquizofrenia em um paciente.
    Enfim, nós, os portadores de sofrimento mental temos que procurar alternativas. Não devemos deixar tudo na mãos dos profissionais da saúde mental. Temos que fazer a nossa parte, lutar pela vida e pela qualidade de vida. Não estou criticando os profissionais(claro que existem os maus, mas são poucos). A verdade é que o SUS não tem estrutura para um melhor atendimento e também uma vontade de mudar a abordagem que é feita nos pacientes com esquizofrenia. Deveriam se espelhar em países onde os resultados no tratamento da esquizofrenia são melhores do que no Brasil, Estados Unidos e parte da Europa.
   E somos o que comemos, tanto na parte física como mental. Então, vamos pesquisar e procurar alimentar o nosso cérebro da melhor maneira possível.

    Passei a me sentir tão disposto que criei esse vídeo com a nova música da Vanessa da Mata, mas na versão que toca nas rádios. No youtube e em outros sites, a versão mix é a que consegui encontrar, mas prefiro essa que toca nas rádios. Essa música é daquelas que ficam gravadas na cabeça da gente, sem querer fico repetindo o ô ô ô ô ô ô em minha mente.
-Artista: Vanessa da Mata
-Música: Por onde ando tenho você
Vejo seu corpo nas praias do Rio
Suas mãos no pôr-do-sol do Japão
Vejo o Araguaia em seus olhos
Em um segundo me distraio do mundo

Vejo seu corpo nas praias do Rio
Seu jeito de andar em Casa Blanca
Seu perfume nos jardins da Holanda
A Itália em sua feição

Nunca mais vou estar sozinho
Por onde ando reconheço o destino
Por onde olho eu tenho esperanças
Por onde inclino a minha direção tenho você

Vejo seu corpo nas praias do Rio
Suas mãos no pôr-do-sol do Japão
Vejo O Araguaia em seus olhos
Em um segundo me distraio do mundo

Nunca mais vou estar sozinho
Por onde ando reconheço o destino
Por onde olho eu tenho esperanças
Por onde inclino a minha direção tenho você

No Araguaia eu me banho
No rio eu me refaço
Na África eu me acho
Todos são parte de mim
Todos são você

No Araguaia eu me banho
No rio eu me refaço
A vida segue um caminho
O mundo vai repetindo
Que sou eu e você

Eu e você

21 comentários:

  1. Hum... vou tomar esse cloreto de magnésio, to precisando de algum remédio antimonotonia rs, tá osso essa depressão maledita isso é obra do tinhoso rs mas brincadeiras a parte. o pior não é se sentir triste, é simplesmente não sentir. Vejo você descrever a esquizofrenia e eu não tiro nem ponho, nenhum sintoma. Simplesmente igual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, estou tomando há duas semanas e estou me sentindo melhor. Não faz milagres, mas no meu caso deu uma boa melhorada. Acho que devemos procurar alternativas para a depressão e não ficar esperando a pílula mágica resolver todos os nossos perrengues. Aconselho também o enziplus e o ômega 3 se tiver condições de utilizar. E um pouco de exercício físico. Esse conjunto(alimentação + exercícios físicos) provavelmente vai dar uma amenizada nesse desânimo. Obrigado pela visita ao blog. Existem outros alimentos bons para a mente, e vou publicando á medida que vou postando outros assuntos, pois aqui no blog é tudo junto e misturado.

      Excluir
  2. Esse é o Julio que conheço!

    Muito obrigado por essa importante dica.... magnésio realmente é muito bom, já tomei a uns bons anos atrás....
    Depois de uma caminhada muito forte, estou muito pra baixo, voltarei a tomar, depois informo se houve mudanças significativas..

    Sugestão de Pauta:
    Julio, procure estudar os alimentos que ajudam na prevenção da depressão, ansiedade, síndrome do pânico...... e nos brinde com um post sobre o assunto.
    Veja, também, o que o Leite de vaca pode afetar a saúde mental.

    Como vc bem enfatizou: somos o que comemos....
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Qual caminhada vc fez? Depois que fazia uma, meus pés ficavam inchados, por causa da viagem de volta de ônibus, demorava uma semana para melhorar. E eu continuava a dormir na barraca, só que em Belo Horizonte. Imagino que, depois de uma caminhada forte, ficamos uns dois dias só dentro de casa dormindo. Vou ver se faço o caminho dos diamantes esse ano ainda. Estou sempre pesquisando alimentos bons para a mente. E também experimentando. O enziplus e o ômega 3 foi os que melhores resultados eu tive, por isso resolvi postar sobre eles.Pena que eles são um pouco caros para o meu padrão, mas, quem puder usar, recomendo. Obrigado pela visita ao blog.

      Excluir
    2. Tomo cloreto a 4 meses sofria crises de panico estou bem melhor hoje,por qianto tempo devo tomar.

      Excluir
    3. Olá
      Como o cloreto de magnésio não é um medicamento e sim um mineral necessário ao nosso organismo, é recomendável continuar tomando. É só diminuir a dose para a manutenção mesmo.

      Excluir
  3. Oi, gostei muito desse post, essa dica veio na hora certa para mim , estou precisando dar um up na minha vida.
    Obrigada por postar,
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço pela visita. Olha, o enziplus é um ótimo produto, pena que o preço é um pouco salgado, mas, se tiver condições, recomendo que use este produto. Tem o distribuidor maxnatur que foi o lugar onde encontrei o produto mais em conta. Mas, dependendo do lugar onde vc mora, talvez encontre por ai. Eu ainda não procurei em todas as lojas, mas se aqui não tiver, vou pedir pela maxnatur.
      Max Natur (Curitiba)
      Contato : Rui Teixeira
      Tel.: (41) - 3527-8506
      (41) - 9161-4100 (vivo)
      maxnatur@maxnatur.com.br

      Excluir
  4. Olá boa noite!
    Aqui quem fala é mãe de uma pessoa com esquizofrenia fiquei feliz com suas dicas,vamos lá mais uma porta que se abre e parabéns pela iniciativa,estarei sempre por aqui,procurando resposta para ajudar meu filho!!!
    Gostaria de ter um contato com vc,se for possível.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado pela visita ao blog. Muitos familiares de portadores tem me procurado para obter alguma informação, conselho ou dica de como lidar com o portador. Infelizmente na maioria dos casos não tenho uma resposta, bem que gostaria de ter, mas a esquizofrenia é um transtorno muito complicado mesmo, principalmente no início, sendo quase impossível convencer o portador que o que está ouvindo, vendo não faz parte da realidade. Fora os delírios de perseguição... No lado direito tem o link para baixar o livro Entendendo a Esquizofrenia, que poderá te ajudar em alguma coisa.

      Excluir
    2. Entrei guiada pelo Cloreto de Magnésio e que boa surpresa encontrar tantas informações...tenho um adolescente diagnosticado com esquizofrenia(pelo olhar frio e medicamentoso de nossa medicina) feliz pelas inúmeras possibilidades que você menciona em imensa gratidão!

      Excluir
    3. Obrigado
      Mas em relação ao cloreto de magnésio e esquizofrenia, não senti nenhuma melhora em relação às paranoias, e sim no ânimo, nos chamados sintomas negativos. Creio que o ômega 3 seja uma boa para os sintomas positivos (alucinações). São alternativas que devemos tentar, claro que sem abandonar de uma vez os medicamentos. Acho que, com a melhora, a tendência é ir diminuindo aos poucos as medicações.

      Excluir
  5. Oi meu nome é Raquel...meu irmão é esquizofrenico, e ainda não conseguimos controlar a doença. Ele já foi internado umas 4 vezes, no Santa Maria em BH e no Bento Meni em Divinopolis. Atualmente ainda está tendo alguns surtos, mas não está internado. Está fazendo uso da Invega Sustenna e Clapsol, parece, e tomando fenergam para dormir. A questão é que ele não aceita mto a doença nem o tratamento. Se ele tivesse a consciencia que vc tem com certeza teria uma vida melhor. Te admiro pelas suas publicações e experiencias. Boa Sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado pelas palavras e pela visita ao blog. Seu irmão não fica bem nem com o invega? Dizem que é um medicamento muito caro, que é muito bom. Realmente o primeiro passo é ter consciência e aceitar certas coisas que acontecem em nossas vidas. Esse é o primeiro passo para começar a luta. Às vezes é preciso recuar para avançar um pouco depois. Melhoras para seu irmão. Desculpe a demora em lhe responder, ultimamente ando um pouco desanimado, mas é passageiro.

      Excluir
  6. Parabéns pelo blog. Tenho lido sobre os benefícios do Cloreto de Magnésio PA e joguei no google se ele teria algum benefício para a esquizofrenia e conheci o seu blog. Meu irmão tem esquizofrenia e como muitos já citaram acima, ele também está na fase de ainda não aceitar a doença e os tratamentos. Gostei muito das suas dicas em relação ao Cloreto, o Ômega 3 e o Enziplus além da recomendação do livro. Parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Dentre os três produtos, creio que o ômega 3 seja o mais indicado para a esquizofrenia. O problema é encontrar o ômega 3 verdadeiro, quando tomei, aliado aos exercícios físicos, me senti muito bem. Também devemos ter cuidado em relação ao cloreto de magnésio, e o enziplus é o da marca que foi colocado na postagem.
      Obrigado pela visita ao blog.

      Excluir
    2. Legal, obrigado pela dica!

      Excluir
  7. Existem estudos provando que a esquizofrenia é uma doença nutricional.
    Dr. Lair Ribeiro um grande médico e pesquisador mostra vários estudos sobre a cura da esquizofrenia.

    Uma dica:

    combinação de ômega 3 , 9 mil mg por dia, três vezes ao dia.
    Vitamina B3, pode ser na forma de nicotina amida, 1000 miligramas três vezes ao dia.
    Vitamina D3, dez mil unidades por dia.

    Se vc tem esquizofrenia aqui está uma dica, não custa nada tentar, pois existem estudos provando que essa alternativa funcionou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as pessoas precisam de alimentos bons para o cérebro, ainda mais se ela tiver algum tipo de transtorno mental. Muito boa a dica, só acredito que é simplificar demais a esquizofrenia, ao resumir a situação como um simples déficit nutricional.

      Excluir
  8. Amigo, relutei para escrever aqui, não tenho esquizofrenia (até então) mas ja fui dado como Paniquento, ultimamente minha mente ta uma merda, pensamentos negativos e medos loucos, pensamentos que querem enduzir a algo que não quero, to indo numa centro espirita, to tomando o cloreto faz uns 5 dias, três xicaras de cafe por dia, estou me sentindo melhor aos poucos, mas ao mesmo tempo relutando para não voltar para a Sertralina, queria saber sobre seus conselhos o que vd diria a um paniquento que ta nessa.... lembrando que hoje so to com medo tá os pensamentos to ativando uma força que estao sumindo

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Em relação ao cloreto de magnésio, procure saber a procedência do mesmo, se é o PA, que é o mais puro.E também procure não tomar mais do que o indicado. E quando se sentir melhor, pesquise se é recomendado diminuir a dosagem.
    Em relação aos seus pensamentos o que posso aconselhar é que o medo causado pela desconfiança de se ter algum diagnóstico pode fazer tanto mal quanto o próprio transtorno.
    Manias, loucuras, pensamentos não comuns muita gente tem. O que difere uma pessoa da outra é o que esses delírios e pensamentos causam em suas vidas.
    Não tem como dizer mais do que isso se baseando em um breve relato.
    Mas o que aconselho sobre a medicação é que pense bem antes de começar, pois eles podem ajudar, mas não são a maravilha que é divulgado. Os medicamentos são um mau necessário, em alguns casos e por algum tempo na maioria dos casos.
    Obrigado pela visita ao blog.

    ResponderExcluir